Português   |   Espanol   |   English
A Extol  .  Contato  .  Trabalhe na Extol  .  Home
  55 11 3060-5400 Produtos & Soluções  •  Conceito FIX  •  Metodologia Extol  •  Resultados  •  Cases  •  Artigos  •  Concurso
Artigos e Notícias
07.08.2012
Evento FIXProtocol discute alternativa para redução de custo operacional


FIX BackOffice x TCA

A excelente qualidade dos palestrantes, o foco do evento abordando a analise de custos operacionais, Total Cost Analysis (TCA), e as alternativas apresentadas durante a 4º. Edição do evento FPL FIX São Paulo proporcionou aos participantes importantes informações para quem esta buscando melhores resultados operacionais e estratégia de investimentos em TI para 2013. 

O FPL Latin America, é um dos melhores eventos de Capital Markets do nosso mercado pois sempre são debatidos os temas mais relevantes nos painéis, afirma Luiz Penteado/Progress-Apama. A EXTOL e a LASALLETECH, juntas fizeram uma analise dos temas abordados pelos palestrantes durante o evento e verificamos uma relevante preocupação dos participantes com relação ao TCA e alternativas para adoção de ferramentas operacionais que permitam melhorar os atuais resultados.

Neste ano o evento contou com mais de 250 participantes, sendo uma boa parte deles do chamado buy-side, ou seja, os clientes finais do mercado de capitais Brasileiro. O motivo não poderia ser diferente: como buscar oportunidades, reduzir custos e aumentar escala de negócios. De acordo com os temas dos palestrantes e a participação interativa da platéia, uma das fortes questões abordadas está na ausência de integração padronizada e automatizada, entre o Gestor de Recurso, buy-side e os demais participantes, corretoras, custodiantes, bolsas e câmaras de compensação.

Segundo Sr. Marcelo Figueiredo da Bloomberg, os operadores, trades do buy-side utilizam o CHAT da Bloomberg para enviar ordens e confirmar negócios realizados, no exterior esta pratica não é permitida, todos utilizam a integração FIX. O importante a destacar neste comentário é que ambos os participantes já fizeram expressivos investimentos de TI para adotar o eficiente canal de comunicação da Bloomberg, que envolve links e roteradores alem dos próprios terminais. Com esta poderosa rede em produção instalar uma solução FIX é uma das tarefas mais simples e rápida que conhecemos, ou seja usar o CHAT para confirmar negócios é como contratar uma link de banda larga para receber cotações e enviar ordens via FAX o dia inteiro.

Outro importante comentário foi de duas corretoras independentes que compartilham uma mesma opinião, Gustavo Schahin da UM Investimentos e Rodrigo Campos da Fator Corretora, acreditam que as corretoras precisam ter uma visão integrada de todos os negócios realizados para mitigar seus riscos operacionais e reduzir os custos, assim podem focar no que realmente agrega valor, como distribuição e boa execução. Conhecemos o parque tecnológico destas empresas, sabemos que estão muito bem posicionadas e com excelentes soluções de sistemas robustos e estáveis além de contar com equipes de TI competente e treinada, contudo consolidar uma posição de caixa, aferir resultados em tempo real, junto com o fechamento do mercado é um desejo de todas as corretoras do mercado.

Acredito que a dificuldade que todos têm no momento está na decisão de onde investir, a difícil tarefa de dos participantes para ser mais eficientes e oferecer novos serviços, deixou de ser um desafio para ser tornar uma luta de sobrevivência.

Coragem para inovar, pode ser uma boa alternativa, mas tem que estar embasada na analise da planilha de TCA. A dica vem do próprio cliente buy-side que convive diariamente com esta situação, Luis Faloppa da Schorders comenta que para cada equipe de trading, existe outra maior de profissionais no BackOffice, os processos são manuais e não foi adotado nenhum padrão de mensageria entres os participantes deste mercado, sejam corretoras, gestores de fundos ou custodia.

Sobre este tema podemos fazer uma análise simples sobre os investimentos em TI realizados até então, todos em sua grande maioria focados no aumento de ordens e execução, as soluções de AlgoTrade, Estratégias, Rotedores FIX de ordens aumentaram muito o volume de negócios executados, e os investimentos em BackOffice não foram proporcionais para suportar este aumento.

Os fundos de investimentos transferem para as corretoras a gestão de negócios e o risco operacional, as operações são geridas por custodiantes que na maioria dos casos foram terceirizados e as corretoras quase não são remuneradas pelas execuções dos negócios, para complicar ainda mais o aumento de custos de controladoria e operacional em detrimento dos serviços prestados trazendo como conseqüência o retrabalho para conferir as operações realizadas no dia anterior.

A estratégia de mudança deste cenário pode estar mais perto e fácil do que todos imaginam, achar que um fornecedor de TI que apresente uma solução corporativa e que resolva todas estas questões é mera ilusão, além de alto investimento e o fato de não estar tropicalizada. O que pode e precisa ser feito, mas que falta coragem de enfrentar é melhorar os serviços de BackOffice, onde relevantes resultados podem ser alcançados em curto prazo. Neste sentido as integrações FIX com o sistema Galgo da AMBIMA e iMercado da BM&FBovespa podem em muito colaborar, porém ainda são poucas aquelas empresas que perceberam e entenderam as vantagens destas ferramentas, o que também pode ser uma vantagem competitiva.

A EXTOL e LASALLETECH, presentes no evento, dominam o FIXProtocol há muito anos e juntas sabemos exatamente como ajudar neste processo de integração e tradução entre os protocolos, focando os investimentos de TI para obter melhores resultados operacionais. Praticamente todas as corretoras têm um servidor FIX instalado, todas com bancos de dados padronizados por conta do Sinacor, e os Assets através do Galgo tem uma rede de serviço de integração disponível e já adotado por mais de 6.500 fundos de investimento.

Fico me perguntando, por que as corretoras não oferecem um serviço de BackOffice integrado com as câmaras de compensação e seus clientes? Penso que poderiam até cobrar por este serviço, afinal haverá neste modelo de negócio melhores resultados, mitigação de risco operacional, garantia de integridade da informação, eliminação de processos duplicados, visão estratégica das operações e uma relevante redução no custo operacional seja da corretora como do próprio cliente buy-side que ficariam mais satisfeito, afinal como afirmou Daniel Parker da Agência Estado, o cliente sempre tem razão. 



Artigos & Notícias:

A Crise segundo Albert Einstein
A visão de um genio sobre o caos.....
FPL LATIN AMERICA - BM&F
Evento realizado em 02 de Abril de 2008 na BM&F
Extol Engine consolida informações
A Extol está lançando um novo sistema, capaz de agilizar a troca de mensagens de negócios nas instituição financeiras.
A Extol  •  Contato  •  Trabalhe na Extol  •  Política de Privacidade  •  Home

55 11 3060-5400 - Phone  •  55 11 3060-5405 - Fax
© 2017, Extol Software & Services. Direitos Reservados.

Webmail:   Usuário:    Senha: